quinta-feira, 15 de janeiro de 2015

LIVRO: Resenha - Mentirosos de E. Lockhart - Ed. Seguinte


     Após assistir várias resenhas (felizmente sem spoilers) do livro Mentirosos de E. Lockhart Ed. Seguinte, coloquei como meta de leitura.

        
      Para minha felicidade ganhei um super presente de Natal da minha esposa: um Kindle! (uhuuu). Qual foi o primeiro livro que eu comprei? É claaaro: Mentirosos!



Sinopse: Cadence vem de uma família rica, chefiada por um patriarca que possui uma ilha particular no Cabo Cod, onde a família toda passa o verão. Cadence, seus primos Johnny e Mirren e o amigo Gat (os quatro "Mentirosos") são inseparáveis desde os oito anos. Durante o verão de seus quinze anos, porém, Cadence sofre um misterioso acidente. Ela passa os próximos dois anos em um período conturbado, com amnésia, fortes dores de cabeça e muitos analgésicos, tentando juntar as lembranças sobre o que aconteceu.

     O livro fala sobre amizade, amor, preconceito social, relação de mãe-filha, culpa e sobretudo de: viver de aparências.
 
-->
Cada primo possui um lema, escrevem uma parte na mão esquerda e a outra na mão direta... um dos que mais gostei foi: “Sempre faça aquilo que teme”

A explicação para o título do livro pode ter ficado no ar para alguns leitores, no entanto, pode ser mais simples do que parece…

Pode estar no trecho que a editora utiliza para divulgá-lo “Na família Sinclair, ninguém é carente, criminoso, viciado ou fracassado. Mas talvez isso seja mentira.” e também no “Mural de mentiras” - espaço interativo no qual a editora convida dos leitoras a contarem uma mentira - “A vida dos Sinclair era toda baseada em mentiras para manter uma fachada de felicidade e sucesso.”

Se você está lendo neste exato momento e pensou em desistir, por favor, não abandone a leitura! Vale muito a pena continuar e conferir o final incrível que a E. Lockhart deu para esta narrativa incrível!


Trechos favoritos:
“O silêncio é uma camada protetora sobre a dor.”

“Perguntava sobre meu pai e sobre minha avó – como se falar sobre uma coisa fizesse melhorar. Como se feridas precisassem de atenção.”

“Não discutimos nossos problemas em restaurants. Não acreditamos em demonstrações públicas de angústia.”

“Limpava como se existisse um lugar especial no céu para pessoas com o piso da cozinha impecável.”

“Estou expressando meus sentimentos, Jhonny. É assim que fazem os seres humanos que vivem e respiram. Não sabia?”

“Prefiro mil vezes viver, arriscar e ver tudo acabar mal a permanecer na bolha em que estive nos últimos 2 anos…”

“Na metade do tempo eu me odeio por todas as coisas que fiz – diz Gat. – Mas o que em deixa mesmo confuse é a contradição: quando não estou me odiando, me sinto íntegro, uma vítima, como se o mundo fosse muito injusto.”

“De que vale a vida se não agirmos?”

“Aguento enxaquecas. Não aguento idiotas”



    A Editora Seguinte criou um hotsite super bacana para o livro, lá é possivel contribuir com uma mentira no "Mural das Mentiras", com uma foto na "Galeria de Imagens" e etc... 




Mentirosos
Autora: E. Lockhart
Editora: Seguinte
ISBN: 9788565765480
Edição: 2014
Gênero: Infanto-Juvenil
Páginas: 271
Idioma: Português
Saiba mais: Skoob
Minha avaliação: 5/5
Onde comprar: Amazon | Americanas | Submarino | Saraiva | Cultura
Obrigada pelas visitas! S2
Me encontre nas redes sociais: Facebook | Instagram | Twitter | Skoob
Para não perder as novidades do Liquidificadorizando é só curtir a fanpage no facebook e acompanhar todas as postagens!

Nenhum comentário: