terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

Duas gotas


Todas as noites pegava um copo d´ água, acendia o abajour e colocava duas gotas de perfume antes de dormir. Ao amanhecer tomava duas gotas de poesia para sobreviver à loucura da vida (de estar viva).
(Alê Periard)

Nenhum comentário: