terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

Daquele tempo

Daquele tempo

Tenho saudade daquele tempo

Em que se falava “bom dia”

Na cidade quando eu era pequeno

Não havia tanta correria

Era bom dia pra cá

Bom dia pra lá

Pro pai, mãe, tia

Pra a dona Madá

Era bom dia pra cá

Bom dia pra lá

Pro seu Manoel da padaria

Pra todo lugar

Tenho saudade daquele tempo

Em que a gente se reconhecia

Não precisava de conta, investimento,

Carro, celular, casa e cirurgia

Era bom dia pra cá

Bom dia pra lá

Pro pai, mãe, tia

Pra a dona Madá ...

(Alê Periard)

Nenhum comentário: