domingo, 25 de janeiro de 2009

Despretenciosa

A luz negra pertuba a visão
não esconde coisa alguma
mas não revela inteiramente

Na cama o lençol amarrotado proveniente
talvez de uma noite mal (bem?) dormida

As paredes nuas sem quadros e alegorias
Engaiolam a atenção

Juntos em busca talvez de redenção
para uma semana - como todas as outras- estressante,
alegria, prazer, ou apenas companhia

A campainha toca impaciente
É apenas o entregador do restaurante japonês
Todos se servem a seco, a bebida ainda está quente
ainda temos vento, gelo e dvd´s

O corpo devidamente relaxado
a alma pode respirar
Todos aparecem: Drummond, Mário de Andrade, Camões, [Hélen Queiróz e Zeh Gustavo
Shiiii! (pedindo silêncio) O Sarau vai começar!

7 comentários:

Dauri Batisti disse...

Terminar num sarau foi muito legal. O cotidiano cedendo lugar ao sarau. Muito bonito.

Ivich disse...

Que momento maravilhoso, heim?
Parabéns pelo belo texto!

Carla disse...

Com companhias tão especiais, que comece o sarau e eu me sinto convidada, tá?
Bjo e otima semana.

Luíza Maria Hollanda de Mello disse...

lembra de mim? vc comentava no meu antigo blog
vim te falar q eu mudei de endereço
o lulymello.blogspot.com
agora funciona no fala-sede.blogspot.com
te convido a tomar um “cha na minha casa nova...” lógico que pode ser uma cervejinha
ihihihih

quanto ao post, palavras perfeitas como sempre!
parabens!!!!


bj bj bj bj bj e uma otima semana pra ti

Madamefala disse...

Quando vc tiver todas essas estrelas por favor não esquece de me chamar viu?rs


bjocas.

Bella disse...

E que sarau chique, heim!

Bella disse...

que sarau chique, heim!