segunda-feira, 24 de novembro de 2008

Meu Mundo É Hoje

"Eu sou assim, quem quiser gostar de mim eu sou assim.
Eu sou assim, quem quiser gostar de mim eu sou assim.
Meu mundo é hoje não existe amanhã pra mim
Eu sou assim, assim morrerei um dia.
Não levarei arrependimentos nem o peso da hipocrisia.
Tenho pena daqueles que se agacham até o chão
Enganando a si mesmo por dinheiro ou posição
Nunca tomei parte desse enorme batalhão,
Pois sei que além de flores, nada mais vai no caixão.
Eu sou assim, quem quiser gostar de mim eu sou assim."





(Meu Mundo É Hoje - Voz: Paulinho da Viola - Composição: Wilson Batista)

7 comentários:

Pavón disse...

Forte, intenso, verdadeiro, puro... e na voz do Paulinho fica ainda mais fantastico! Respeito muitos as pessoas que sabem quem sao, e se valorizam...

Muito bom!

Beijos

Thiago... disse...

Ah, eu já tinha ouvido essa música, eu gostei !

Mandou bem no post :)

Beijos

»»Luh«« disse...

Concordo com vc e com a melodia... não vale a pena mudar por causa de ninguém...
O mundo é hoje, devemos viver de forma plena, sem hipocrisia, sem nos preocuparmos com os (pre)conceitos das pessoas...

Beijocasss...

Tatah Santini disse...

Gostei, disse tudo!
Tenha uma boa tarde!!

Diego disse...

Bela música.

Quase Trinta disse...

Exatamente... gosto de pessoas assim, autênticas.

O Profeta disse...

Sou palavra perdida no silêncio
Gerada no ventre do Mar
Grinalda de perdidos sonhos
O passado do verbo amar

Amei!
Voar na chegada de cada Primavera
Pintar de luz as cores do verão
Pisei o tapete das folhas de Outono
Acendi em cada inverno uma fogueira de paixão


Convido-te ao encontro com o meu “Eu”


Mágico beijo