sexta-feira, 10 de outubro de 2008

Quem não tem cão, caça com gato!

"Se não tem água Perrier eu não vou me aperrear
Se tiver o que comer não precisa caviar
Se faltar molho rose no dendê vou me acabar
Se não tem Moet Candon, cachaça vai apanhar

Esquece Ilhas Caiman deposita em Paquetá
Se não pinta um Cordon Bleu, cabidela e vatapá
Quem não tem Las Vegas, vai no bingo de Irajá
Quem não tem Beverly Hills, mora no BNH

Quem não pode, quem não pode
Nova York vai de Madureira

Se não tem Empório Armani
Não importa vou na Creuza costureira do terceiro andar
Se não rola aquele almoço no Fasano
Vou na vila, vou comer a feijoada da Zilá

Só ponho Reebok no meu samba
Quando a sola do meu Bamba chegar ao fim"






(Vai de Madureira - Zeca Baleiro)

8 comentários:

anderson eduardo disse...

Nao tinha ouvido ainda.... vou procurar.... abração e bom final de semnaa

Diego disse...

Zeca bom.

Ewerton Martins Ribeiro disse...

Virou "Liquidificadorizando", sem trema, mas continua agitando e misturando tudo, certo? Então está bom, uai! Rs. Abraço.

Idylla disse...

oiii adorei seu blog....pois eh minha fase baladeira ainda n passouu...mas curto cineminha, teatro, mas confesso q gosto msmo eh de gandaia hauuaha

bjo

Idylla disse...

;)
passando p deixar beijinhooo!!!

Pablo Lima disse...

haha! zeca baleiro tem dessas, sempre criativo! excelente mesmo!

Carla disse...

Não conhecia e adorei a letra, amiga!
Depois, com tempo, vou postar lá no Maçã, com os devidos créditos, tá?
Bjo e otima semana!

Ivich disse...

Letra interessante! O som é bom também? Letra e Música são a mistura perfeita.
Vou procurar a música!