sábado, 20 de setembro de 2008

Você tem msn?


"Até entendo que a internet queira modernizar os relacionamentos. Entendo também que toda essa modernidade mudou a forma da gente conhecer novas pessoas e de se relacionar com as que já conhecemos. É lindo. Com um clique, você acha o cara dos seus sonhos, com um clique você arruma um namorado, com um clique você bloqueia malas, ex-namorados e inconvenientes. Tudo muito prático e sem dor de cabeça. Tudo num clique. Ninguém mais precisa dar fora em ninguém, ficar se justificando ou arrumando desculpa pra sumir da vida de ninguém. Nem pra aparecer nela.

A pergunta “Você tem MSN?” não é uma frase tão inocente quanto possa parecer. É muito mais moderna do que a antiga “me dá seu telefone?”. A sentença “Me dá seu MSN” é quase uma sentença jurídica a ser cumprida. É um passaporte velado pra vida da outra pessoa. É um “vamos manter contato” ou “a gente pode se falar sem que sua namorada fique sabendo” ou ainda “a gente não se pegou ainda, mas a gente vai se falando que uma hora rola”. Pra alegria dos solteiros e pra infelicidade dos comprometidos.

E o tal do Orkut?! Gente! Me explica esses caras que mal falam com você na rua e, no orkut, vêm todo íntimo oooooooooi, lindaaaaaaaaaa. Como assim, cara-pálida??? De onde surgiu essa pseudo-intimidade? No orkut todos são suuuuuuuuuuuuuper amigos de balada, todos têm fotos de viagens inesquecíveis pra Europa ou pra Matão, todo mundo ama todo mundo pra sempre (até que o orkut os separe e a pessoa deleta o perfil e depois volta como se nada tivesse acontecido com o status de: solteiro).

Quer saber?! Acredito que a internet um dia vai encher nosso saco. E acho que não demora muito, não. Eu já ando de saco cheio desse faz-de-conta. Dessa realidade virtual nada parecida com a real. Da pseudo-liberdade, pseudo-intimidade, pseudo-realidade. Na vida real, tenho certeza que a namorada dos caras que xavecam as moças no MSN iam ficar putas da vida. Na vida real, as pessoas que você mal cumprimenta não têm tanta liberdade assim pra te chamar de linda. Na vida real, as pessoas comuns não se falam todo-dia-toda-hora. Na vida real, as pessoas nem são tão bonitas assim quanto suas fotos photoshopadas de orkut e MSN. Na real, prefiro a vida real.

É muito lindo namorar pela internet, conhecer gente nova e bater-papo com os amigos. Mas ainda não será dessa vez que a vida de carne e osso vai ser deixada de lado. Nada substitui o toque, o cheiro, a pele. Nada como o futebol com os amigos, o calor, o suor e a cerveja gelada. Nada como andar de moto sentindo a liberdade batendo na cara. Nada como sentir o abraço, a respiração, e olhar nos olhos de quem a gente ama. Nada como bater perna no shopping com as amigas sábado à tarde, ver o pôr-do-sol na praia e amanhecer na rua depois de uma balada daquelas. Nada como o gosto da sobremesa e do beijo. Nada como assistir tv com o namorado domingo à noite debaixo do edredom. Nada como um lanche despretensioso no meio da tarde pra bater papo sem ter que digitar. Nada como o tom da voz pra dizer que ama. Nada como viajar pra praia e lembrar que existe vida após a internet. Nada como desligar o computador no final do dia e cair na real. Nada como a vida real.

Tudo por uma vida mais real."

11 comentários:

SURREAL MENTE disse...

Há uma linha tênue, entre o útil e o besteirol, que flutuam na internet.
É provavél que nesta geração "filha da net", o contato físico com a infância sera menor que o virtual.
Uma pena, pois uma coisa é inclusão digital cultural. A outra é apenas besteirol.
Vlw amiga!

Bandys disse...

Oi Alexandra,

Perfeito o texto...A verdade é que o mundo virtual mudou muito o real.
Estou me recuperando.
Valeu a visita.

Um beijo

anderson eduardo disse...

Pois é, nada como um progarma a dois bem real com quem gostamos.... abração e obrigado pela visita, tenha um domingo real e feliz

Ana Cecilia disse...

Pois é.

hoje em dia as pessoas fazem tudo isso já pensando em tirar fotos pra colocar no orkut pra mostrar que fizeram e parecerem super "cools"

:P

Breno C. disse...

Bom... tem gente que ainda usa o msn só para ter amigos, sem pensar em segundas intenções ou porque não ta muito afim de sair de casa e viver essa vida que as pessoas teimam em chamar de real (porque como pode ser real temos que usar mascaras?)... mas em fim: sue post ta muito legal. Obrigado por ter passado no meu blog e você poderia me dizer como ficou conhecendo ele?

Jhennifer Cavassola disse...

Ai nem fala, hoje se vc não tem msn pode se dizer excluida da sociedade kkkkk Amo jogar sinuca na internet num site chamado http://gamezer.com/billiards/ dai quando não são brasileiras, são tres perguntinhas basicas: nome? idade? msn?
Se são brasileiros, são 4 perguntinhas, a primeira é de que estado rss.
Mas msn é muito bom, principalmente pra mim que tenho familiares e amigos distante. Não posso reclamar do orkut, pois foi atraves dele que conheci meu esposo rsss.

Linda amei seu blog, parabéns! Fica com Deus, beijos

Giselle disse...

Alê,
olá, vim retribuir a visitinha ...
OLha, sei que o mundo da net é meio superficial, mas tem seus pontos positivos também ...
Vc reencontra pessoas que não via há anos, e fora que a comunicação é muito mais rápida ...
Eu por exemplo não substitui a vida da net pela vida real...
Realmente o pessoal pega um pouco pesado na intimidade se fazendo de súper amigos ...
Sei lá, são opiniões diferentes, claro ...
Mas, eu gosto da net e do mundo real também, rs ...
Linda, adorei sua visita e espero que vc volte sempre tá?
Tenha um ótimo domingo...
Súper beijos

Daniel Salles disse...

Pra quem está solteiro e sem querer se enrolar, é uma economia e tanto o tal do MSN...várias janelinhas abertas, com o mesmo assunto: "e aí, o que vc vai fazer hoje?".

Talvez essa parte da internet (MSN+Orkut) tenha se desenvolvido tanto baseada na timidez das pessoas, na sua introspecção...o sedentário bota fotos de lugares que ele nunca foi (sério, já vi isso...hehe), o ignorante bota fotos com cara de pensativo, o gay enrustido bota fotos sem camisa no perfil, a gordinha posta sua foto cropada com cara de mulher fatal, e por aí vai...afinal, no mundo virtual, tudo é válido! No fim das contas, acho que é isso que gera tudo que você falou...

Da mesma forma que os solitários ou os comprometidos abrem duzentas janelas no MSN, pra tentar uma companhia para a noite de hoje...a virtualidade é a máscara perfeita!

Dama de Cinzas disse...

Muito bom seu post!

Vivi parte da minha vida sem internet! E te digo que as pessoas saíam mais das suas "tocas" para dar a cara pra bater, não ficavam se escondendo atrás de perfis e agindo de forma fake como vc comentou lá do lance do Orkut.

Eu percebo tudo isso que diz e confesso que me cansa um bocado tb! Mas de qualquer maneira, para nós que já temos a internet entranhada na vida, fica difícil fingir que ela não existe. O que podemos fazer é dosar isso, colocar bom senso... bjs

O Profeta disse...

Frágil e palpitante luz
A beleza é feita de ternos murmúrios
A voz quebra a quietude do silêncio
A chuva leva a terra ao encontro dos rios

Não há fracassos no sonho
Caminhei nas nuvens para te ver do alto
Abri os braços ao relâmpago
Desci à terra, senti nos pés o frio basalto


Vem comigo escolher o caminho

Bom domingo


Mágico beijo

Jardineiro de Plantão disse...

Não é tão assim... radicalismo à parte... Vida real e virtual...podem ser coisas semelhantes... o meio se diferencia pela maneira de agir ... Amigos e amizades se podem encontrar nos dois lados, quantas vezes te decepcionaram os amigos da vida Real... No virtual não poderia ser diferente.

O problema está em nós e no que pretendemos...

Mas sou suspeito nunca usei Msn, a não ser com familiares, ou pessoas muito chegadas.

Abraços