segunda-feira, 21 de janeiro de 2008

Ardo sempre sem vergonha e sem medo...


" De manhã escureço
De dia tardo
De tarde anoiteço
De noite ardo"

(Vinícius de Moraes)

Nenhum comentário: